22 fevereiro 2006

Há vida na Batalha

Passei pela Praça da Batalha e encontrei movimento dentro do cinema. Observei com atenção, porque espero com alguma ansiedade a abertura do que prometeram ser um novo espaço de qualidade na cidade. As obras, pelo menos, estão a ser feitas neste belíssimo edifício


No mínimo, espera-se que, ao seu estilo, fique tão bem recuperado quanto o edifício dos correios, no prédio contíguo e que é de facto um "bibelô" que ajuda a embelezar uma praça. É óbvio, como podem verificar...


O problema é quando se dobra a esquina (é redonda, mas que outro nome lhe dar?) para o outro lado. É a desolação absoluta. Incrível o estado a que chegou algo que tem o seu quê de histórico em pleno centro da cidade...



O que antes era frequentado pelo "ratos" do cinema é agora, provavelmente, habitat de ratazanas amigas do lixo. E pior é que é fácil recordar momentos grandiosos que esta sala conheceu e que justificavam o símbolo que todos na cidade conhecíamos.



Olhando tanta degradação, e tardando soluções que me parecem já não existir, pense-se até no golpe fatal, mas quem de direito que pense em algo, porque o que se passa hoje com o Águia Douro (o cinema, mas também o antigo café).

1 comentário:

eugenio disse...

AI QUE SAUDADES, AI, AI